Um Jovem Identificado Por Manoel, 23 Anos, Que Conduzia Um Veículo Jetta, Relatou Que Foi Fechado Por Um Caminhão E Saiu Da Pista.

Acidente com carro, moto e caminhão deixa policial gravemente ferido na Região de Curitiba Colisão aconteceu na manhã desta segunda-feira (19) na BR-277, em São José dos Pinhais. Policial militar que ficou gravemente ferido estava em uma motocicleta da PM (Foto: PRF/Divulgação) Um acidente com um carro, uma motocicleta e um caminhão deixou um policial militar gravemente ferido na Região de Curitiba, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A batida aconteceu na BR-277 em São José dos Pinhais, na manhã desta segunda-feira (19). A moto envolvida na colisão é a Polícia Militar (PM). O policial foi socorrido por uma ambulância e levado a um hospital. Por volta das 8h30, conforme a PRF, havia cinco quilômetros de congestionamento no sentido Curitiba, nas proximidades do km 77. As duas faixas chegaram a ser interditadas, mas, logo depois foram liberadas. Às 9h30, a Ecovia – que é a concessionária responsável pelo trecho – informou que o trânsito estava normalizado. Carro se envolveu no acidente (Foto: PRF/Divulgação) Veja mais notícias do estado em G1 Paraná .

Carro fica destruído em capotamento em São José dos Pinhais Um veículo Jetta ficou completamente destruído em um grave acidente na madrugada desta quarta-feira (21) em São José dos Pinhais. O capotamento aconteceu no início da BR-376 em São José dos Pinhais, próximo ao Aeroporto Afonso Pena. Um jovem identificado por Manoel, 23 anos, que conduzia um veículo Jetta, relatou que foi fechado por um caminhão e saiu da pista. Após sair da rodovia, o carro capotou várias vezes e o rapaz ficou enclausurado no veículo. Socorristas do Siate com apoio do Corpo de Bombeiros e do médico foram até o local e fizeram o rebatimento do teto do veículo para ter acesso ao jovem.

No ranking brasileiro, o Paraná conquistou a terceira colocação, com 8,2% do total nacional, ficando atrás apenas para São Paulo e Minas Gerais, Estados bem maiores em termos populacionais. Como comparação, o Rio de Janeiro ficou em sexto lugar nacional, criando 45,8 mil vagas, ou 5,6% do total, ficando três posições atrás do Paraná. "O bom resultado do emprego para jovens é muito bem-vindo, uma vez que essa faixa etária geralmente exibe taxas de desocupação mais altas que a média", afirmou o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Julio Suzuki Júnior. Dos setores de atividade econômica, os que concentram os maiores saldos positivos de emprego para jovens de 14 (idade mínima para trabalhar como aprendiz) aos 24 anos no Paraná são os de serviços, indústria e comércio. Só o setor de serviços abriu no ano passado 26,4 mil vagas formais para esses trabalhadores, o que significa 39,3% do total.

são josé dos pinhais
2018-02-26 / Posted in