O Trecho É Conhecido Como Contorno Sul.

Parte de asfalto de ciclovia desaba em bairro de Curitiba Acidente aconteceu no início da noite desta terça (30) no bairro Campo Comprido. No momento do acidente, ninguém passava pelo local (Foto: Tony Mattoso/RPC) Parte do asfalto de uma ciclovia desabou no início da noite desta terça-feira (30) na Rua João Dembinski, no bairro Campo Comprido, em Curitiba. Por sorte, ninguém passava pelo local no momento do acidente e não houve feridos. A Prefeitura de Curitiba disse que engenheiros do departamento de pontes e drenagem foram para o local avaliar o problema e que é "muito provável que seja uma erosão gerada pela ruptura da galeria pluvial". A administração municipal declarou ainda que somente após a vistoria será possível avaliar o tempo e os recursos necessários para recuperar o pavimento. Equipes da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) também foram acionadas para sinalizar o local. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.

Protesto de moradores fecha trecho da rodovia BR-376, em Curitiba Os dois sentidos do Contorno Sul foram bloqueados com pneus pelos manifestantes, que exigem a reabertura de UPA fechada em 2016 para reforma. Protesto de moradores fecha trecho da rodovia BR-376, em Curitiba Um protesto de moradores fechou os dois sentidos da BR-376 nesta sexta-feira (2), em Curitiba, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O trecho é conhecido como Contorno Sul. Os manifestantes queimaram pneus e discursaram na rodovia por cerca de uma hora. O trânsito foi liberado por volta das 18h, quando ainda havia bastante congestionamento no local. A PRF, porém, não precisou o tamanho das filas. O protesto pediu a reabertura da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), que está fechada para reforma desde novembro de 2016 . Segundo a prefeitura, o processo para reativação da unidade foi retomado em 24 de janeiro, após decisão da Justiça de manter o edital para qualificação de organizações sociais para operar serviços de saúde. No entanto, não há prazo definido para a reeabertura. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná .

Henry Milleo/Gazeta do Povo/ Arquivo O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) manteve a decisão que negou o pedido do ex-deputado Luiz Fernando Ribas Carli Filho para transferir o júri popular para outra cidade. Com a decisão, por maioria de votos, o julgamento está mantido em Curitiba, nos dias 27 e 28 de fevereiro. Carli Filho é réu por duplo homicídio doloso (quando há intenção de matar) pela morte de dois jovens, Gilmar Rafael Yared e Carlos Murilo de Almeida, em um acidente de trânsito ocorrido em maio de 2009 . Ele havia ingerido bebida alcoólica antes de conduzir o veículo e dirigia em alta velocidade. O recurso – pedido de desaforamento do julgamento – protocolado no dia 25 de janeiro com pedido de liminar , foi negado pela Primeira Câmara Criminal do TJ-PR.

curitiba
2018-02-09 / Posted in